O defesa central angolano Kusunda manifestou-se hoje “muito contente” por ter chegado ao União da Madeira, reconhecendo que representar o clube da I Liga de futebol é “uma grande oportunidade”.

Na apresentação oficial como reforço dos madeirenses, no Complexo Desportivo do União da Madeira, no Vale Paraíso, o defesa sublinhou que a liga portuguesa "é bem conhecida dos jogadores angolanos", sendo uma competição "bem conhecida na Europa".

Kusunda definiu-se como um atleta "com boa técnica" e "forte fisicamente", esperando que essas características possam "ajudar o União a alcançar a permanência".

Por seu turno, o presidente do clube, Filipe Silva, está esperançado que o internacional angolano ajude "o União a consolidar-se na I Liga", reconhecendo-lhe muito potencial, destacando a sua "agressividade e intensidade que coloca no jogo", características que considera cruciais para um União da Madeira forte, que "possa assegurar a permanência".

Kusunga, de 27 anos, que rubricou um contrato válido por uma época e meia, representou na época passada os ingleses do Oldham Athletic, equipa da League One (segundo escalão inglês).

O novo jogador dos madeirenses foi formado no Servette, clube que representou até à temporada de 2009/2010. Ainda na Suíça, ingressou depois no Basileia, onde se sagrou campeão suíço por duas ocasiões e atuou na Liga dos Campeões.

Genséric Pedro Kusunga foi internacional por duas ocasiões nos sub-21 da Suíça, tendo optado por representar, como sénior, a seleção de Angola, país pelo qual já jogou por doze ocasiões.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.