O FC Porto recebe o Arouca este sábado, em jogo a contar para a quarta jornada da I Liga, no qual é esperada uma resposta da equipa azul e branca ao tropeção na Madeira, na última ronda.

O empate na Madeira perante o Marítimo (1-1) deixou os 'dragões' no quarto lugar da tabela, a dois pontos de Sporting e Benfica. Foi o primeiro deslize da equipa esta temporada, pelo que será interessante perceber como irá reagir no regresso ao Dragão. Antes disso, a equipa de Sérgio Conceição venceu na receção ao Belenenses SAD (2-0) e na visita ao Famalicão (1-2).

Otávio, lesionado, deve ser baixa no lado do FC Porto. O médio luso-brasileiro, que se estreou esta semana nos convocados da Seleção portuguesa (assim como Diogo Costa), contraiu uma entorse no tornozelo direito, na sequência do jogo contra o Marítimo. No boletim clínico constam também Marko Grujic e Marchesín.

Por sua vez, o Arouca vem de um triunfo diante do Famalicão (2-1), o primeiro na presente edição do campeonato, depois das derrotas diante de Estoril e Benfica, ambas por 2-0. O conjunto de Armando Evangelista, que está de regresso à I Liga quatro anos após ter sido despromovido, ocupa atualmente o 13.º posto, com três pontos.

Na antevisão à partida, o técnico dos arouquenses confirmou que os reforços Tiago Esgaio e Oday Dabbagh já estão inscritos e podem ser opção. Em sentido inverso, Moses e Brunão são baixas certas devido a lesão.

Confronto direto

O FC Porto vai encontrar um adversário historicamente apetecível e que só uma vez conseguiu ganhar no Dragão (2-1), em 2015/16, numa temporada problemática para os azuis e brancos, em que tiveram três treinadores - neste caso, era José Peseiro quem orientava os portuenses.

Em oito jogos disputados entre as duas equipas, para a Liga portuguesa, o conjunto portista leva clara vantagem com sete triunfos e apenas uma derrota. O última duelo entre FC Porto e Arouca aconteceu na época 2016/17, com a formação então orientada por Nuno Espírito Santo a golear fora por 4-0.

O que dizem os treinadores

Sérgio Conceição: "A resposta que temos de dar, independentemente do jogo passado, que já não conta, é trabalhar em cima do jogo e preparar a equipa da melhor forma para ganhar o próximo. Independentemente do que acontece nos jogos, o próximo jogo é sempre para ganhar. Amanhã [no sábado], a resposta que quero é a resposta que me dão aqui e que me deram também na Madeira, que foi um jogo bastante positivo."

Armando Evangelista: "É um adversário que acabou de perder pontos no campeonato e, quando isto acontece com equipas que lutam pelo título, o jogo seguinte é sempre complicado. É importante não olharmos para isso como um problema, mas sim como uma oportunidade para podermos surpreender novamente o FC Porto."

O árbitro

Hélder Malheiro foi o árbitro nomeado para dirigir o encontro no Dragão. O juiz da AF Lisboa vai ter Rui Cidade e Gonçalo Freire como assistentes e Bruno Costa no papel de quarto árbitro. Luís Ferreira estará no VAR, assistido por Nuno Manso.

O FC Porto-Arouca, da 4.ª jornada da I Liga, está marcado para as 18h00 deste sábado e pode ser acompanhado, ao minuto, no SAPO Desporto, com fotos e vídeos dos principais lances.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.