“Tenho muitos jogos como jogador e treinador, mas posso dizer que este foi o que mais marcou em termos de injustiça. A perder tentámos arriscar e dêmos espaços ao Braga, numa situação de jogo em que são muito fortes”, disse o técnico dos “azuis”.

António Conceição lamentou a grande penalidade falhada na primeira parte - “dava-nos vantagem a jogar contra 10” - mas mostrou-se confiante no futuro, embora a situação seja cada vez mais difícil.

“Que continuemos a acreditar. Estamos à procura da vitória que nos alente a esperança. Com a mesma atitude que tivemos hoje, poderemos ter um futuro melhor, que nos possibilite ficar na primeira Liga”, afiançou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.