A I Liga regressa no próximo dia 3 de junho, debaixo de fortes medidas de segurança e de higiene devido à pandemia de COVID-19, que obrigou a competição a parar no passado dia 12 de março. 87 dias desde a última vez que a bola rolou, os jogadores regressam aos relvados, mas vão encontrar bancadas despidas. Isto porque todos os jogos serão realizados à porta fechada, até ao final da prova esta época.

Este artigo pertence ao Especial Regresso da I Liga. Veja mais artigos

O SAPO Desporto foi à procura dos grandes adeptos dos clubes da Primeira Liga que agora se vêem privados de apoiar o clube do seu coração ao vivo nos respetivos estádios, de forma a saber como estão a planear viver os restantes nove jogos que os seus emblemas têm em falta.

António Serra, responsável da claque do V. Setúbal, VIII Exército, não vai poder dirigir-se como habitualmente ao Estádio do Bonfim para ver a sua equipa jogar, mas refere que "havia condições para que o campeonato terminasse".

SAPO Desporto - Concorda com o regresso da I Liga ou o campeonato já deveria ter sido suspenso?

António Serra - Concordo com o regresso. Acho que havia condições para que o campeonato terminasse, apesar dos jogos sem público não terem piada, como se tem visto no campeonato alemão por exemplo. Acho que faz falta o público nas bancadas. O jogo em si não é completo.

SD - Não podendo ir ao estádio, de que é que mais vai sentir falta?

AS - Nada, um ou outro podem-se juntar, mas não vamos planear nada.

SD - Estão a pensar em algumas iniciativas para apoiar a equipa?

AS - Só se for com alguma tarja nas bancadas ou à entrada do estádio.

SD - Acredita que as pessoas vão cumprir as recomendações da DGS e evitar os ajuntamentos junto ao estádio?

AS - Junto ao estádio, acredito que se vá cumprir e não hajam ajuntamentos. Mas nos cafés vai ser mais complicado controlar as pessoas.

Veja mais artigos do Especial Regresso da Primeira Liga

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.