Os bilhetes para o Arouca-Marítimo, da nona jornada da I Liga de futebol, vão custar entre zero e três euros, numa campanha para trazer mais adeptos ao estádio e apoio à equipa arouquense.

"Queremos ter mais adeptos no estádio. Vamos ver se os arouquenses têm ou não interesse no futebol. Se colocamos os bilhetes mais caros eles reclamam. Por isso, resolvemos dar um incentivo para eles comparecerem no estádio Municipal de Arouca", explicou à agência Lusa o presidente da Direção, Carlos Pinho.

Já para esta quarta-feira, no jogo para a segunda fase da Taça da Liga, a Direção do clube colocou bilhetes à venda entre os zero euros, para sócios cativos, e os cinco euros, para o público geral, sendo que os sócios sem lugar cativo pagam dois euros.

Para o jogo do campeonato, o principal foco da equipa treinada por Lito Vidigal, a campanha foi mais além e reduziu o valor dos ingressos do público para três euros e o dos sócios não cativos para um euro.

Sem vencer desde a segunda jornada, quando recebeu em casa o Nacional da Madeira (2-0), o Arouca é o último classificado do campeonato. O presidente do clube quer apoio aos jogadores, para que a equipa deixe de ser o ‘lanterna vermelha’ do campeonato.

"É importante termos o apoio de todos. Apelo a todos os arouquenses, aos adeptos do Arouca, que venham ao estádio e apoiem os nossos jogadores. Toda a gente precisa de apoio e os nossos jogadores não fogem à regra, eles precisam de sentir que os adeptos estão com eles", apelou.

Quanto ao jogo da jornada, frente ao oitavo classificado, Carlos Pinho garante que este "é mais um jogo que o Arouca precisa de ganhar e é o nosso objetivo, conquistar os três pontos".

Antes deste desafio, a equipa defronta o Cova da Piedade, da II Liga, esta quarta-feira, às 16:00, para a Taça da Liga.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.