O presidente do Arouca, Carlos Pinho, divulgou hoje que o clube está a preparar, em parceria com a Câmara, um projeto de requalificação do Campo Afonso Pinto Magalhães, dotando o clube de um campo de treinos.

A equipa orientada por Lito Vidigal treina diariamente no mesmo recinto onde realiza os jogos da I Liga, ou seja, no Estádio Municipal de Arouca.

O uso excessivo do relvado prejudica o trabalho do plantel, bem como estado do ‘tapete verde’. Esta adversidade têm ainda mais destaque em período de forte chuva, como as duas últimas semanas.

"Temos um novo projeto para o Campo Afonso Pinto Magalhães [propriedade do clube], com relvado natural e dois campos. Estamos a fazer o projeto com a ajuda da Câmara Municipal para podermos fazer uma candidatura à Federação e termos um campo de treinos, para além de podermos dar melhores condições de trabalho às camadas jovens do clube", explicou Carlos Pinho aos jornalistas.

O presidente da Câmara Municipal de Arouca, Artur Neves, confirmou à agência Lusa que a "autarquia está a ajudar o clube na elaboração do projeto", para depois o clube tratar das diligências junto da Federação Portuguesa de Futebol para transformar o espaço num centro de formação desportiva.

O projeto ainda está em fase de conceção e só deverá ficar finalizado, de acordo com a autarquia, na primavera.

Para já, e quando este projeto e obras não avançam, o clube poderá chegar a um entendimento com a Associação Cultural Recreativa e Desportiva de Mosteirô, clube do concelho que disputa o campeonato da 2.ª Divisão da Associação de Futebol de Aveiro, para uso do seu relvado natural, cuja inauguração está prevista para o mês de fevereiro.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.