Arthur Cabral, avançado do Benfica, pediu desculpa aos adeptos das águias depois do gesto obsceno que fz, na garagem do Estádio da Luz, após o empate (1-1) com o Farense, na sexta-feira.

Numa nota publicada pelas águias na página oficial, o antigo jogador da Fiorentina, a quem o Benfica pagou 20 milhões de euros, afirma que foi insultado e acabou por reagir com "a cabeça quente". Diz ainda que está focado nos objetivos da equipa.

"Estou aqui para falar sobre o ocorrido de ontem. Ao ver as imagens do que aconteceu, eu posso dizer que estou ainda mais arrependido do ocorrido. Eu sei que não tem sido fácil este início no Benfica, sei que o torcedor esperava muito mais de mim, eu também esperava muito mais, mas posso dizer que tenho trabalhado muito, todos os dias, sabendo que posso entregar muito mais", disse.

"Após a partida de ontem, após mais um resultado negativo, saí do Estádio de cabeça muito quente, realmente de infelicidade, e, infelizmente, após ser insultado ao lado da minha família, eu não me consegui controlar, tive uma atitude que não é nem um pouco certa, muito longe disso. Peço desculpa, sei que errei, estou realmente muito arrependido e garanto que nada parecido com isso voltará a acontecer. O que posso dizer é que continuarei trabalhando ao lado dos meus companheiros para colocar o Benfica no lugar dele e alcançar todos os nossos objetivos, que com certeza é ser campeão no final da época", acrescentou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.