Na antevisão ao jogo da 27.ª jornada, Artur Jorge foi questionado sobre se a equipa aguentará a pressão de lutar pelo segundo lugar, assumindo que os jogadores têm de “saber lidar com isso e a obrigação de estarem preparados”.

“A capacidade de sustentar a ambição faz-se com pressão e exigência, também com a nossa própria exigência. Estou seguro e confiante em relação a isso porque o grupo de trabalho tem sabido dar resposta em relação a isso”, disse, em conferência de imprensa.

Para Artur Jorge, esta será “mais uma das finais” até ao final do campeonato: “temos vontade de a vencer, sabemos que será um jogo complicado frente a uma equipa muito boa, sabemos do seu real potencial”.

O Sporting de Braga pode beneficiar do clássico Benfica – FC Porto de hoje se os ‘dragões’ perderem pontos, mas para isso os minhotos terão que vencer os ‘canarinhos’.

“Os adeptos do Braga que têm paixão pelo clube só querem que o Braga vença ao Estoril”, respondeu sobre se gostaria que os ‘encarnados’ vencessem.

O treinador destacou alguns números da equipa, considerando que isso demonstra a sua consistência, notando também que procura o acesso à final da Taça de Portugal, prova na qual vai defrontar o Nacional, da II Liga, nas meias-finais.

O Sporting de Braga já igualou nos primeiros nove jogos da segunda volta os 19 pontos conquistados no arranque do campeonato - no mesmo número de jogos -, um registo que, se se mantiver até ao fim, dará a melhor pontuação de sempre dos minhotos no campeonato (75 obtidos em 2017/18).

Os bracarenses somam três vitórias e um empate nas últimas quatro rondas, enquanto os estorilistas, com a vitória caseira sobre o Gil Vicente (1-0), a primeira do novo técnico Ricardo Soares, quebraram uma série muito negativa de seis derrotas consecutivas.

“Essa vitória tirou peso de cima do Estoril e, com mais tempo de trabalho, é normal que a equipa se vá aproximando da sua ideia de jogo do Ricardo [Soares], as dinâmicas que pretende criar. Temos estudado o Estoril, não estou à espera de um jogo fácil, como todos até ao final do campeonato que serão de uma exigência muito grande”, afirmou.

Ricardo Horta renovou até 2028 esta semana e o treinador mostrou-se satisfeito com a continuidade do capitão.

“Além do que nos aporta em termos futebolísticos e dos seus números, é um dos grandes homens que temos no plantel, tem um papel fundamental como capitão na passagem de testemunho aos mais jovens, a mística do balneário e os valores do Sporting de Braga. É como jogadores como ele que podemos dar continuidade a este trabalho”, disse.

Para o jogo de sábado, o lateral Sequeira é o único indisponível, devido a lesão.

Sporting de Braga, terceiro classificado, com 59 pontos, e Estoril Praia, 15.º, com 25, defrontam-se no sábado, a partir das 20:30, no Estádio Municipal de Braga, jogo que será arbitrado por Vítor Ferreira, da associação de Braga.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.