A mudança de Iker Casillas do Real Madrid para o FC Porto surpreendeu o mundo do futebol.

O capitão do Real Madrid resolveu mudar de ares aos 34 anos e escolheu os "dragões", quando tinha outras propostas em carteira. Santos Márquez, empresário do internacional espanhol, explicou a opção de Casillas pelo FC Porto e a reação dos dirigentes azuis-e-brancos com essa possibilidade.

"Perante a possibilidade de ser empurrado para fora do clube, como acabou por acontecer, queríamos que ele pudesse disputar a Champions. Analisámos ofertas da Premier [League], mas Iker não se sentiu seduzido. Foi então que surgiu o FC Porto. Ele não queria ir para longe. Em duas viagens resolvemos as questões económicas. Eles não acreditavam que Iker optasse pelo FC Porto tendo outras opções", explicou o representante de Casillas, em entrevista ao diário espanhol ´As`.

Florentino Pérez disse que foi Casillas quem quis abandonar o Bernabéu mas o empresário do guarda-redes nega tudo, até porque, sublinha ele "nunca quis sair" do Real Madrid.

"[Casillas] disse sempre que não queria deixar o clube e que não pedia para ser titular. Queria acabar a carreira no Real Madrid. Três semanas depois chegou Benítez, que começou a falar de De Gea e disse que Keylor [Navas] é um grande guarda-redes. Foi uma falta de respeito por Iker. Mas a culpa não é de Benítez, o destino já estava traçado", contou Márquez

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.