A Comissão Delegada das Associações Distritais de Futebol espera que o novo secretário de Estado da Juventude e do Desporto, Alexandre Mestre, tenha «um espírito de abertura e o diálogo que não existiu no passado recente».

Júlio Vieira, presidente da comissão que congrega as associações distritais de Lisboa, Coimbra, Leiria, Santarém, Porto, Madeira e Évora, referiu à agência Lusa que «a função de um político é promover o diálogo».

«Apesar de não conhecer exactamente o pensamento de Alexandre Mestre - apenas o conheço como jurista - esperamos um secretário de Estado que seja mais dialogante, o que não aconteceu anteriormente e, por isso, houve muitos problemas», salientou o dirigente.

As associações distritais de futebol contestaram a acção de Laurentino Dias, secretário de Estado da Juventude e do Desporto nos governos de José Sócrates, por causa do novo Regime Jurídico das Federações Desportivas, razão pela qual Júlio Vieira entende que o diálogo é «essencial e fundamental» para ultrapassar diferendos.

Júlio Vieira, também presidente da Associação de Futebol de Leiria, garantiu disponibilidade para colaborar com o novo governante, que estará sob a tutela do Ministro-adjunto e dos Assuntos Parlamentares, Miguel Relvas.

Alexandre Mestre toma posse como secretário de Estado da Juventude e do Desporto do XIX Governo Constitucional na terça-feira, às 12h00, no Palácio de Belém.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.