O avançado Miullen assinou hoje um vínculo contratual com o Gil Vicente por duas temporadas, proveniente dos brasileiros do Londrina, sendo o 10.º reforço oficializado pelo clube da I Liga portuguesa de futebol.

“Tinha outras ofertas, mas o projeto que o Gil Vicente apresentou levou-me a aceitar este enorme desafio. Espero adaptar-me rápido e corresponder à aposta. A confiança é conquistada com muito trabalho e darei o meu melhor para ajudar no grande objetivo”, frisou o dianteiro, numa nota publicada pela formação de Barcelos nas redes sociais.

Miullen, de 22 anos, dividiu a formação entre o Corinthians e o Londrina, pelo qual apontou um golo em 19 encontros, que se intercalaram com um empréstimo à Chapecoense em 2018, assinalado por seis jogos e um tento.

O avançado junta-se ao guarda-redes Daniel Fuzato, aos defesas Joel Pereira, Souleymane Aw, Talocha e Tim Hall, aos médios Antoine Léautey, Kanya Fujimoto e Leandrinho e ao avançado Boubacar Hanne na lista de reforços anunciados pelos minhotos, que apresentam o plantel à comunicação social na segunda-feira.

O Gil Vicente designou o treinador Rui Almeida como sucessor de Vítor Oliveira, que conduziu os ‘galos’ a uma campanha tranquila na I Liga em 2019/20, culminada na 10.ª posição, com 43 pontos, 10 acima da zona de despromoção, numa época marcada pelo regresso administrativo à elite, a partir do Campeonato de Portugal, após o ‘caso Mateus’.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.