O Barcelona poderá sofrer uma razia na sua frente de ataque e ficar sem a sua maior estrela. Depois de ver Neymar sair para o PSG, o emblema catalão poderá ver partir Messi ainda neste mercado de verão.

O jogador e o clube acertaram a renovação do contrato em na época passada, mas tardam em passar para o papel o compromisso assumido. Essa situação está a criar um mal-estar na Catalunha, com os adeptos e antigos dirigentes a recearem perder o seu melhor jogador.

Agustí Benedito, ex-candidato à presidência do Barcelona acha que o caso do craque argentino "pode ser bem pior que a de Neymar".

"Deixaram para final a renovação de Messi, o jogador mais importante... e este ainda não assinou, o que é preocupante. O caso de Messi pode ser bem pior que o de Neymar porque a partir de 1 de janeiro é um jogador livre", lembrou.

Benedito criticou o atual presidente Bartomeu por ainda não ter oficializado a renovação de Messi, acertada em junho. O antigo candidato desconfia mesmo que algo não está bem entre o clube e o argentino.

"Messi sempre quis jogar numa equipa competitiva e a situação é preocupante. Bartomeu disse que Messi tinha assinado a renovação em junho. E tal não aconteceu. Bartomeu não foi capaz de chegar a acordo com Messi para a renovação. Se ele ainda não assinou é porque alguma coisa não está clara", acusou.

Este fim-de-semana circularam rumores de que o Manchester City estaria disponível para contratar o craque argentino, pagando a sua cláusula de rescisão, fixada em 300 milhões de euros. Uma notícia desmentida pelo clube de Manchester.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.