A equipa de Leonardo Jardim entrou melhor no encontro e foi mais determinada na procura dos três pontos, face a uma Académica que se mostrou pouco criativa e não se conseguiu impor na partida.

No primeiro tempo, à excepção do remate de Diogo Valente aos 12 minutos, a “briosa” não criou situações de perigo e assistiu, sem argumentos, ao Beira-Mar a controlar a posse de bola e a construir lances de ataque.

Depois de várias oportunidades de Djamal, o primeiro golo da formação da casa aconteceu mesmo no final do tempo de compensação da primeira parte, aos 45+2, por intermédio de Wilson Eduardo, que apenas teve de encostar de cabeça, depois de um “chapéu” de Artur ao guarda-redes forasteiro.

Na segunda metade do encontro, o conjunto de Jorge Costa conseguiu reagir e empatou ao minuto 59, por Sougou, que aproveitou da melhor forma uma desatenção da defesa aveirense, depois de jogada de Miguel Fidalgo.

O Beira-Mar não demorou a colocar-se de novo em vantagem, já que, aos 69 minutos, num livre apontado por Artur, a bola sobrou para Djamal, que não falhou a baliza dos visitantes e apontou o 2-1 final para a equipa da casa.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.