Este domingo, o Benfica recebeu o Rio Ave no Estádio da Luz para a 16º jornada do campeonato. Num jogo com dois novos treinadores - Bruno Lage para os 'encarnados', que substituiu Rui Vitória, e Daniel Ramos no Rio Ave que ocupou o lugar de José Gomes.

Neste que foi o primeiro jogo depois do adeus de Rui Vitória, o Benfica voltou às vitórias e derrotou os vilacondenses de Daniel Ramos por 4-2, apesar de ter estado a perder por 2-0 aos 20 minutos de jogo.

Em relação ao último jogo com o Portimonense, que ditou a saída de Rui Vitória, destaque para as titularidades de João Félix (sai Gedson Fernandes), Salvio e de Seferovic (substitui o castigado Jonas). Ficou também de fora Zivkovic, no jogo de estreia de Bruno Lage como treinador da equipa principal do Benfica. Do outro lado, também Daniel Ramos faz o primeiro jogo no banco dos vilacondenses depois da saída de José Gomes para o Reading FC.

Depois de quinze minutos bem disputados, mas com mais oportunidades de golo para os 'encarnados', que chegavam com facilidade ao meio campo adversário, o inesperado acontece e Gabrielzinho inaugura o marcador para o Rio Ave. Numa jogada iniciada por Carlos Vinícius, Galeno cruza para Gabrielzinho que surge de repente de frente para Vlachodimos e não hesita em colocar a bola no fundo das redes.

Os 'encarnados' ainda não se tinham recomposto do primeiro golo sofrido e viram logo o segundo a aparecer por Bruno Moreira. Num cruzamento de Matheus Reis ao segundo poste, o jogador português ganha o duelo aéreo aos centrais do Benfica e marca de cabeça.

Ao minuto 27, e depois de algum tempo de descontrolo, o Benfica encontra o caminho para a baliza de Léo Jardim e reduz a desvantagem no marcador. Com assistência de Grimaldo, Seferovic mete a bola entre as pernas do guarda-redes do Rio Ave e 'levanta' o Estádio da Luz.

Num piscar de olhos, e depois de estar a perder por 2-0, o Benfica reergue-se e marca o segundo. Seferovic aguenta a pressão da defesa do Rio Ave e no momento certo solta para o 'menino de ouro' das águias que não desperdiça a oportunidade e empata a partida.

Ao intervalo, os adeptos no Estádio da Luz tinham assistido a um jogo por fases: depois de um início de jogo meio adormecido, o Rio Ave marca dois golos, para o Benfica reagir logo de seguida. As equipas recolhem aos balneários com tudo em aberto para a segunda parte.

Há seis anos que os 'encarnados' não iam para o intervalo na Luz com 2-2 no marcador. A última vez que algo assim aconteceu foi em 2013 frente ao FC Porto. Das 10 vezes que o Benfica recolheu com este resultado, cinco delas acabou por vencer. Empatou quatro e perdeu apenas uma, em 1952, com o Sporting.

No regresso do intervalo, o Rio Ave aparece com mais fome de golo e assusta Vlachodimos em algumas ocasiões. Mas, o Benfica não se deixa intimidar pelos vilacondenses e acaba mesmo por chegar ao terceiro golos pelos pés de João Félix. Acabado de entrar Zivkovic cruza para o jovem 'encarnado' que finta a defesa adversária e 'bisa'.

Mas, como um 'bis' nunca vem só, Seferovic marca o segundo da partida para a conta pessoal e o quarto do Benfica, deixando a equipa numa vantagem 'confortável'. Num contra ataque rápido da equipa da casa, o jogador suiço aproveita a saída de Léo Jardim e atira para o fundo das redes.

Ao contrário da primeira parte, os segundos 45 minutos de jogo não foram tão animados, mas ainda fizeram vibrar os adeptos na casa do Benfica. Até ao apito final, não houve descanso para nenhuma das equipas, que deram o 'tudo por tudo' até ao último suspiro. Os 'encarnados' recebem mérito pela reviravolta, mas o Rio Ave tem igualmente direito a aplausos por 'fazer suar' os benfiquistas.

Com este resultado, o Benfica sobe provisoriamente ao segundo lugar do campeonato nacional, com 35 minutos, ficando assim à espera dos jogos de Sporting (com o Tondela) e de Sporting de Braga (com o Boavista). Já o Rio Ave mantém-se na 11º posição com 19 pontos.

Veja o resumo em vídeo

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.