O Benfica retomou a liderança da Primeira Liga ao golear o Marítimo na Luz por 6-0, no encontro que fechou a 30.ª jornada da prova. João Félix e Cervi bisaram, Pizzi e Salvio fizeram os outros golos dos 'encarnados'. Uma goleada presenciada por 52224 espectadores, após a eliminação da Liga Europa. Na próxima ronda os comandados de Bruno Lage defrontam o SC Braga na Pedreira.

Veja as melhores imagens do Benfica-Marítimo

Sem tempo para pensar em ressacas, após a eliminação nos 'quartos' da Liga Europa frente ao Eintracht Frankfurt, Bruno Lage meteu os melhores 'soldados' em campo em mais uma batalha rumo à tão ambicionada reconquista. Ferro voltou ao onze, tal como Pizzi, saindo Jardel e Fejsa. Já o Marítimo, sem contar com os castigados Edgar Costa, Zainadine, Joel Tagueu, tentava pontuar na Luz para garantir o mais cedo possível a manutenção.

Essa itenção dos homens de Petit sofreu a primeira 'machadada' logo aos três minutos quando um canto de Pizzi encontrou João Félix sozinho dentro da área. O remate do 79 só parou no fundo da baliza de Charles. Ainda havia gente à procura do seu lugar na Luz e já havia golo. Melhor entrada era impossível. Petit, que tentava evitar a décima derrota em outros tantos jogos com o Benfica, via o seu plano a ir por 'água abaixo'.

Num jogo de quase sentido único, interrompido de quando em vez por um ou outro contra-ataque do Marítimo, o Benfica ia dominando as operações e criando várias situações de perigo. Aos sete minutos, Charles defendeu com os punhos um remate traiçoeiro de Grimaldo. Aos 14, Seferovic apareceu isolado mas rematou torto e para fora. Aos 34 repetiu-se o duelo mas agora com defesa de Charles.

As várias ausências de jogadores importantes tiraram alguma capacidade à equipa de Petit, que sentiu inúmeras dificuldades para criar lances de perigo. Mas aos 29, o central Grolli vai colocar a bola no fundo das redes, após canto mas o árbuitro Luís Godinho anulou o golo por entender que o central fez falta sobre Vlachodimos.

O 1-0 ao intervalo podia ser perigoso, mesmo com o Marítimo a sentir inúmeras dificuldades para entrar no último reduto 'encarnado'. Por isso era preciso fazer o 2-0 rapidamente no segundo tempo, para dar mais tranquilidade. E foi isso que Pizzi fez logo aos 48 minutos, num remate que ainda desviou num adversário.

Um golo que soltou as 'águias' no terreno de jogo e abalou o Marítimo. Os homens de Bruno Lage partiram para a goleada, consumada em pouco tempo. Depois de dois desperdiços de João Félix e Seferovbic, o 79 do Benfica vai redimir-se e bisar aos 65, numa finalização na pequena área, após centro de André Almeida. O 4-0 é obra de Franco Cervi, servido por João Félix.

Com a equipa desfeita, Petit tentou dar mais frescura ao seu conjunto, com as entradas do angolano Chico Banza e Fabrício nos lugares de Barrega e Pelágio. Com os três pontos no 'bolso', Bruno Lage fez descansar João Félix, Rúben Dias e Pizzi, lançando Jonas, Salvio e Taarabt.

Até ao final só deu Benfica, com Seferovic a desperdiçar mais algumas oportunidades. Quem não desperdiçou foi Cervi que fez o 5-0 aos 88 minutos. Aos 92 foi Salvio a fechar a contagem, em mais um golo argentino.

Vitória 'sem espinhas' da melhor equipa, num jogo onde o Benfica podia até marcado mais, tantas foram as oportunidades. Os 'encarnados' retomam a liderança da Liga com 75 pontos, os mesmos do FC Porto, mas com vantagem no confronto direto e na diferença de golos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.