O Benfica reagiu esta terça-feira em comunicado à decisão do TAD em manter o castigo aplicado a Luís Filipe Vieira pelo Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol em abril de 2017.

Recorde-se que o líder dos 'encarnados' foi castigado com uma suspensão de 67 dias e uma multa de mais de 3900 euros por comparar Bruno de Carvalho a Vale e Azevedo no final do dérbi em Alvalade.

"A Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD irá recorrer, para o Tribunal Central Administrativo Sul, da decisão do TAD de manter o castigo ao Presidente Luís Filipe Vieira, até porque factos supervenientes vieram dar razão aos motivos daquela declaração. Recordamos, contudo, que este castigo já foi cumprido", pode ler-se no comunicado do Benfica.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.