Maxi Pereira ainda pode permanecer no plantel do Benfica. O lateral uruguaio já terá chegado a acordo com o clube da Luz mas falta convenver o empresário.

De acordo com a TSF, clube e jogador acertaram os termos da renovação do contrato mas o Benfica ainda não conseguiu chegar a acordo com o empresário. Diz aquela rádio que Paco Casal, empresário de Maxi, pediu 2,5 milhões euros de comissão, algo que Luís Filipe Vieira não está disposto a pagar.

Os "encarnados" esperam que o empresário baixe o valor da comissão, caso contrário, o acordo com o jogador cai por terra.

Vieira propôs um contrato de três anos a Maxi Pereira, com um salário de 1,5 milhões de euros por época, proposta essa aceite por Maxi. Só falta a parte do empresário.

O FC Porto tem seguido de perto o dossier e pode avançar para a contratação do lateral direito, pagando a comissão pedida por Paco Casal. De acordo com a imprensa portuguesa, os "dragões" estão dispostos a dar dois milhões de euros por ano ao internacional uruguaio.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.