Os jantares que terão sido alegadamente oferecidos pelo Benfica vão ser analisados pelo Comissão de Instrução e Inquéritos da Liga, a pedido do conselho de disciplina da FPF.

De acordo com informações apuradas pelo jornal Record, dificilmente o CIIL vai emitir uma sanção muito pesada ao clube da Luz, com o caso dos “vouchers” oferecidos aos árbitros dos seus jogos. Ainda assim, as “águias” não deverão escapar a uma multa pecuniária.

Ao CIIL só cabe a responsabilidade de dar pareceres sobre o caso, sendo que a decisão caberá ao conselho de disciplina da Liga.

Recorde-se que foi Bruno de Carvalho, presidente do Sporting, que revelou no programa Prolongamento da TVI 24, alegadas ofertas do Benfica aos árbitros.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.