Em entrevista ao World Football Index, Scott Minto admitiu que jogar no Benfica foi uma honra imensa.

Corria o ano de 1997/98, na única aventura no estrangeiro do defesa.

"Vejo o Benfica como o maior feito da minha carreira. Ir para o estrangeiro, para um dos maiores clubes da Europa e certamente o maior de Portugal. Estavam cinco mil no nosso primeiro treino, 80 mil no nosso jogo de pré-época com a Lazio, o que foi absolutamente incrível, porque basicamente era o jogo de apresentação dos reforços. Quando vais para fora não sabes bem o que vai acontecer. Obviamente que não aprendi a falar português na escola, ainda que sempre tenha gostado de línguas e sempre tenha admirado quem fala inglês mesmo não sendo a sua língua", relembrou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.