O treinador do Benfica considerou hoje que a sua equipa venceu o Marítimo com justiça, face ao futebol praticado, à qualidade demonstrada e ao número de oportunidades criadas durante o jogo da sexta ronda da Liga.
“O Benfica foi um justo vencedor e este triunfo assenta basicamente na qualidade que demonstrámos e no número de oportunidades que tivemos ao longo de todo o jogo”, explicou o técnico “encarnado”, na sala de imprensa do Estádio dos Barreiros, no Funchal.
“Falhámos muito na finalização e acabámos por sofrer no fim, porque o 1-0 é sempre passível de criar alguns embaraços como acabou por acontecer”, reconheceu o treinador do Benfica, ainda assim satisfeito com a produção colectiva.
Jesus lembrou o jogo de 2009/2010: “Comandámos e controlámos o jogo. Fizemos 25 remates à baliza do Marítimo e no ano passado, talvez com metade das oportunidades, construímos aqui um resultado volumoso (5-0)”.
“Os campeões também se fazem com sacrifício e esta vitória é exemplo disso. O Marítimo justificou a equipa que é e torna-se importante que fique na primeira liga”, afirmou a concluir.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.