A mudança de Jorge Jesus do Benfica para o Sporting provocou um autêntico 'terramoto futebolístico' na 2ª Circular, deixando a imprensa desportiva, redes sociais e adeptos em ebulição.

No entanto, nem é a primeira vez que se regista esta situação entre os dois emblemas rivais de Lisboa. Com efeito, Jorge Jesus 'imita' o inglês Arthur John, que nos anos 30 do século passado protagonizou uma transferência similar e até com um contexto muito parecido.

De facto, Jorge Jesus ruma a Alvalade na condição de bicampeão nacional, enquanto Arthur John, que chegara ao Benfica em 1929, iria deixar a Luz em 1931 depois de duas épocas nas quais venceu duas edições do Campeonato de Portugal.

Mais recentemente e a outro nível, esta situação apenas tem paralelo com o 'verão quente' de 1993, no qual Sousa Cintra 'desviou' Paulo Sousa e Pacheco do Benfica para o Sporting e quase conseguiu o mesmo feito com João Vieira Pinto, quando o clube da Luz estava mergulhado numa profunda crise. Curiosamente, essas transferências que agitaram o futebol português e que tornaram então o Sporting no principal candidato ao título acabaram por não se traduzir no título, já que o Benfica, sob a liderança de Toni, iria sagrar-se campeão nacional.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.