Odisseas Vlachodimos, guarda-redes de 23 anos do Panathinaikos, deve viajar esta terça-feira para Lisboa, a fim de realizar a habitual bateria de exames médicos e assinar pelo Benfica.

De acordo com o jornal A Bola, o jogador já resolveu os últimos detalhes da saída do clube de Atenas e só espera a autorização das forças armadas gregas para fechar o acordo com as ‘águias’.

O internacional sub-21 da Alemanha encontra-sea cumprir o serviço militar obrigatório e, como tal, precisa de autorização para sair do país, o que deverá acontecer, refere a mesma publicação, esta segunda-feira.

O guardião do Panathinaikos deverá assinar contrato com os 'encarnados' até 2023, sendo que apenas na reabertura do mercado de janeiro é que poderá integrar o plantel de Rui Vitória.

Confirmando-se a transferência para o emblema da Luz, em janeiro, poderá suspender temporariamente o serviço militar.

Aos 23 anos, Odisseas Vlachodimos será então mais uma opção para a baliza do Benfica, que terá de pagar uma verba a rondar os dois milhões de euros – cerca de 1,5 milhões para os atenienses e 200 mil para o Estugarda, onde o jogador fez a formação, para garantir os direitos desportivos do alemão.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.