O ex-defesa-central Frederico, de 61 anos e que se encontra internado no Hospital do Barreiro, será homenageado pelo Boavista no sábado, antes da partida com o Feirense, da 20.ª jornada da I Liga de futebol.

Frederico, que sofre de esclerose lateral amiotrófica, começou a sua carreira na época 1975/76, na ex-CUF, e encerrou-a em 1994/95, no Leixões, tendo João Alves, seu companheiro de equipa no Benfica e no Boavista e depois treinador em vários clubes, o recordado como "um grande homem".

"Jogou comigo no Benfica, com o Eriksson e o (Lajos) Baroti, e foi comigo para o Boavista, juntamente com o Filipovic. É um dos meus melhores amigos", destacou João Alves, que hoje treina a Académica, da II Liga.

João Alves disse ainda à agência Lusa que sabia que o amigo estava doente e adiantou que "há uns meses" jantou com Frederico e outros "ex-colegas dele no Benfica" e que o foi visitar a casa, no Barreiro.

"A mulher deu-me conta que ele estava pior", referiu, frisando que o amigo "fez uma bela carreira", pois foi internacional (18 vezes) e esteve entre os convocados para o Mundial do México, em 1986.

Já antes do jogo com o Benfica, no Estádio da Luz, na passada segunda-feira, os presidentes do Boavista e da SAD 'axadrezada', Vítor Murta e Álvaro Braga Júnior, respetivamente, deslocaram-se ao Hospital do Barreiro, onde Frederico se encontra internado, "para conviverem e lhe oferecerem pequenas lembranças do clube".

A homenagem aprazada para sábado ficou aí decidida, diz o Boavista, e Frederico, que não poderá comparecer, far-se-á representar pelo sócio boavisteiro José Raposo, que foi o grande amigo do jogador desde que se transferiu do Benfica, em 82/83.

Frederico jogou oito épocas consecutivas no Boavista e quatro no Benfica, tendo ainda representado a CUF, o Barreirense, o Vitória de Guimarães, o Estrela da Amadora, no qual foi campeão nacional da II Divisão com João Alves, e o Leixões.

Vítor Murta afirma que esta homenagem é da "mais elementar justiça" e, por isso, apela aos associados 'axadrezados' para marcarem presença maciça no próximo sábado, cuja receita reverterá, inteiramente, a favor do seu antigo jogador.

O Boavista, 16.º classificado, com 16 pontos, recebe o Feirense, 18.º e último, com 14, no sábado, às 18:00, para a 20.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, sendo este o primeiro encontro em que o conjunto 'axadrezado' será orientado por Lito Vidigal, que na semana passada substituiu Jorge Simão.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.