Há muito que não se via algo assim: uma jornada da Liga Portuguesa de futebol jogada a meio da semana. Aconteceu esta quarta-feira, com a realização dos jogos da 16ª ronda.

Esta espécie de "boxing day" à portuguesa rendeu muitos golos, com destaque para Benfica e Sporting que aplicaram chama seis aos seus adversários, Marítimo e V. Setúbal, respetivamente.

No que toca aos golos, este "boxing day" cá do burgo foi mais produtivo que o original, de Inglaterra, que apenas rendeu 23 golos em 10 jogos, no dia 26 de dezembro de 2015. Ontem nos nove jogos da 16ª ronda da I Liga marcaram-se 32 golos, com os dois rivais de Lisboa a serem responsáveis por 12 deles.

Foi também uma jornada que trouxe mudanças na tabela. Na frente, o Sporting ganhou novo fôlego e tem agora quatro pontos de vantagem sobre os segundos colocados, Benfica e FC Porto. Os "dragões" continuam o seu calvário e em apenas duas jornadas, passaram de líderes com um ponto de vantagem para segundos com menos quatro pontos que o primeiro. O empate frente ao Rio Ave deixou a equipa ainda com mais pressão, com Lopetegui cada vez mais distante do Dragão. Os adeptos já pedem a sua demissão desde a derrota com o Chelsea. Nos últimos três jogos perdeu dois e empatou um. Muito pouco para um FC Porto habituado a ganhar. O Benfica de Rui Vitória vai de ... vitória em vitória e já está a apenas quatro pontos da liderança.

Nos lugares de acesso à Liga Europa, nada de novo. O SC Braga cimentou o quarto lugar, com a vitória frente a Académica por 3-0. Hassan voltou aos golos e logo com um bis. O surpreendente Paços de Ferreira venceu fora o lanterna-vermelha Tondela e não larga a 5ª posição, último lugar que dá acesso à segunda prova de clubes da UEFA. Tem mais dois pontos que o Arouca, que venceu o Estoril por 1-0.

O Boavista afundou-se na tabela ao perder com o União da Madeira. Os axadrezados tem mais dois pontos que o Tondela, último, e menos três que a Académica, a primeira equipa acima da linha de água. Destaque para o dérbi do Minho entre Moreirense e Vitória de Guimarães que rendeu sete golos. Os "conquistadores" levaram a melhor e estão mais perto da zona da Europa.

Esta jornada trouxe também uma certeza: independentemente dos resultados da próxima ronda, o Sporting já sabe que será campeão de inverno, já que tem mais quatro pontos que Benfica e FC Porto, os vice-líderes.

No que aos marcadores diz respeito, Jonas reforçou a liderança com o bis ao Marítimo e passou a ter 15, mais dois que Slimani que também bisou. Bruno Moreira do Paços Ferreira, com nove, é o terceiro da lista e o melhor marcador português.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.