O Sporting de Braga emitiu um comunicado em que dá conta do processo interposto pela Comissão Disciplinar da Liga a propósito do episódio gerado pela colocação de fotografias na cabina do árbitro Bruno Paixão, no intervalo do jogo realizado frente ao União de Leiria, no passado dia 1 de Maio.

Os bracarenses reiteram ter ficado com a certeza de que este caso não resultará nem na descida de divisão nem na perda de pontos, colocando a penalização de que possam ser alvo na possibilidade de pagamento de uma multa, cujo valor mínimo é de 250 euros.

Diz o comunicado que «a Comissão Disciplinar da Liga a propósito daquele pretenso “episódio das fotografias” deduziu, na passada quinta-feira, acusação por factos que tão só poderão conduzir ao pagamento de uma multa».

Portanto, acrescenta o documento, «ao contrário do que foi anunciado na comunicação social, não há acusação por factos que possam levar este Clube/SAD à descida de divisão e/ou perda de pontos», terminando com a garantia de que o Braga «apresentará a competente defesa, confiando que a Comissão Disciplinar faça, como sempre, Justiça, arquivando o processo».

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.