No Estádio AXA, em Braga, completamente vestido de vermelho, assiste-se a um jogo equilibrado entre as duas equipas, com grande luta pela posse de bola a meio-campo. Mas a verdade é que foram poucas as vezes que as duas equipas se aproximaram com perigo das balizas defendidas por Eduardo e Peçanha.

A grande oportunidade para a equipa da casa deu-se ao minuto 14, depois de um pontapé de canto batido por Alan e Paulão a cabecear com força contra a barra da baliza insular.

A formação comandada por Van der Gaag também desperdiçou uma grande oportunidade de inaugurar o marcador aos 20 minutos. Na sequência de um canto, Robson eleva-se e cabeceia certeiro para a baliza mas Eduardo, atento, sacode a bola para fora com voo exímio.

Apesar do frio que se faz sentir na “Pedreira”, o público bracarense, que hoje teve acesso livre ao estádio, não deixou de apoiar e os jogadores da casa têm respondido dentro de campo. Falta eficácia para ambas equipas num jogo onde a criação nos lances é evidente.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.