A oficialização de Bruma como reforço do FC Porto está para breve e poderá mesmo acontecer esta terça-feira. Depois de o PSV se ter adiantado na corrida pelo extremo, os portistas igualaram a proposta holandesa e acabaram por conseguir os préstimos do jogador.

De acordo com a imprensa desportiva portuguesa desta terça-feira, o acordo entre o FC Porto e o Leipzig vai mesmo ser alcançado nos 15 milhões de euros, sendo que a preferência do jogador por representar os azuis e brancos acabou por ser decisiva.

Cátio Baldé, empresário de Bruma, viajou para o Porto esta segunda-feira no sentido de ultimar os pormenores do negócio. O internacional português, segundo o jornal A Bola, vai assinar pelo FC Porto até junho de 2024 e poderá ser oficializado hoje como reforço.

Apesar das propostas de FC Porto e PSV atingirem os valores pedidos pelo Leipzig, Bruma deu preferência pelo regresso a Portugal. A vontade de ser mais utilizado, de participar na Liga dos Campeões e o facto de estar mais perto da família fizeram o jogador aceitar baixar ligeiramente o seu salário para representar os dragões, ele que auferia cerca de seis milhões de euros brutos por ano.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.