Vítor Ferreira, antigo vice-presidente do Sporting nos primeiros dois anos de mandato de Bruno de Carvalho, reagiu às críticas do presidente 'leonino', que na passada sexta-feira, na assembleia geral do clube, chamou o ex-dirigente de “burro”. Em declarações ao jornal O Jogo, Vítor Ferreira rebateu os comentários de Bruno de Carvalho.

"Burro? Sim, fui burro porque o apoiei", começou por dizer, admitindo não ter percebido o que levou ao ataque do presidente sportinguista.

"Se calhar atacou-me por ter recusado o convite para a inauguração do Pavilhão João Rocha, que foi feito às 10h30 do próprio dia, o qual, naturalmente, recusei. Perguntei se estavam a brincar comigo, mas Bruno de Carvalho tem alguma razão, de facto. Entendo que burro é o presidente do Sporting, além disso tem outras qualidades inatas, como a ordinarice e a má-educação, entre outras que toda a gente sabe e o colocam mal perante a sociedade. Não acompanho gente dessa", afirmou.

"Fui burro, porque o apoiei e acreditei nele, mas não sou desonesto. Mudei, deixei de o apoiar. Sou alvo de um processo? Não tenho feito nada e estou afastado, tirando as últimas eleições. Nunca o denunciei. Ele anda a sonhar comigo, mas não gosto de homens", finalizou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.