Bruno de Carvalho pode estar em risco de ser castigado com uma pena entre dois meses e dois anos pelo seu comportamento no jogo do Sporting com o Tondela, na passada sexta-feira, que terminou com um empate a dois golos e com a expulsão do presidente do clube de Alvalade.

O líder leonino 'atirou-se' ao árbitro assistente que estava junto ao banco de suplentes do Sporting e, de acordo com o jornal Record, que cita o relatório do árbitro Luís Ferreira, terá proferido a expressão: "Vocês são uns corruptos!" O árbitro auxiliar Luís Manso chamou de imediato o líder da equipa de arbitragem, que deu ordem de expulsão ao presidente do Sporting, apesar de Jorge Jesus ainda ter tentado demover o assistente dessa decisão.

Assim, a atitude de Bruno de Carvalho poderá figurar no âmbito do artigo 136 do Regulamento Disciplinar da Liga, que estipula "Lesão da honra e da reputação" por dirigentes sobre outros agentes. A sanção associada a este comportamento é de um mês a um ano, mas o presidente do Sporting é reincidente neste comportamento, depois de já ter sido punido por esse mesmo artigo em relação ao árbitro Artur Soares Dias, no jogo Boavista-Sporting, pelo que o castigo pode ser agora a dobrar.

Recorde-se que Bruno de Carvalho foi então suspenso preventivamente por 20 dias e o resto do castigo já foi cumprido posteriormente, face à demora na decisão do Conselho de Disciplina.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.