O almoço realizado na passada semana entre o presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, e ex-dirigentes do Sporting, como Dias da Cunha e Menezes Rodrigues foi criticado por Bruno de Carvalho.

No entender do presidente do Sporting, que falou este domingo na inauguração oficial do Núcleo Sportinguista de Famalicão, esse encontro faz parte de uma campanha para desestabilizar o clube e a equipa de futebol dos leões. "Esta campanha nunca vai conseguir destruir o amor ao Sporting. Temos três milhões e meio de fiéis leões. Vão tentar de tudo, acreditem, vai valer de tudo", começou por dizer o líder leonino.

"Pelos vistos, o Facebook não chega para que as pessoas entendam que o Sporting é o maior clube português, o mais eclético, com 35 modalidades, mais nove adaptadas, o clube de Figo e Ronaldo... Não chegam ex-dirigentes a comentar, ou ovelhas tresmalhadas em almoços... Nada disto chega para nos derrubar. Faz parte de uma campanha, à qual estamos atentos", frisou Bruno de Carvalho.

A terminar, o presidente do Sporting deixou uma garantia aos adeptos: "Vamos ter de enfrentar duras batalhas, porque o futebol é muito mais do que um mero jogo dentro de quatro linhas. Vai do Facebook a um canal de televisão, de nossa casa ao café, do Ministério Público à Assembleia da República."

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.