O Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) anunciou hoje ter suspendido Bruno de Carvalho, antigo presidente do Sporting, por 30 dias, além de lhe aplicar uma multa de 3.830 euros.

Segundo o mapa de castigos, hoje divulgado, a punição refere-se a declarações escritas em março através da rede social Facebook e “publicadas no jornal O Jogo”, nas quais dirigiu várias acusações ao presidente do Sporting de Braga, António Salvador.

"És um labrego, trolha e aldrabão", escreveu Bruno de Carvalho no passado dia 27 de março, quando ainda era presidente do Sporting.

O ex-dirigente foi, assim, condenado a 30 dias de suspensão e ao pagamento de 3.830 euros, decisão que surge dois dias depois de o antigo presidente dos ‘leões’ ter sido detido.

Bruno de Carvalho e um dos líderes da claque Juventude Leonina, Nuno Mendes, conhecido por Mustafá, estão detidos no âmbito da investigação sobre o ataque à Academia do Sporting, em Alcochete, em 15 de maio passado.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.