O presidente do Sporting decretou este sábado, em conferência de imprensa, o fim do blackout leonino, medida de contestação durava há mês e meio, e que o dirigente considerou necessária para avaliar e afinar algumas questões internas do clube de Alvalade.

"Há períodos na vida em que temos de reorganizar, pensar e agir. Determinou-se este momento (para voltar a falar) porque terminou o período para pensar e agir. Amanhã é um jogo especial, e como qualquer jogo todos os resultados são possíveis. É um momento importante obviamente", afirmou Bruno de Carvalho sobre a escolha da véspera do dérbi para voltar a falar à comunicação social.

Recorde-se que o blackout foi decretado num momento de tensão evidente entre o treinador Marco Silva e o presidente Bruno de Carvalho, com várias notícias a ser veiculadas de que o técnico tinha sido despedido.

Bruno de Carvalho voltou, este sábado, a este tema para mais uma vez afirmar que Marco Silva nunca foi despedido.

"Marco Silva nunca foi despedido. É natural que durante as épocas haja necessidade de fazer afinações. É um excelente treinador, jovem, que ia ter a primeira experiência num clube grande e que seria necessário fazer afinações", explicou.

O Sporting defronta este domingo o Benfica em encontro da 20ª jornada da Primeira Liga de futebol.

(atualizado 14h09)

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.