O Benfica recebeu e goleou o Marítimo por 6-0, em jogo da 30.ª jornada da I Liga de futebol, resultado que lhe permitiu fechar a ronda na primeira posição, com os mesmos pontos do FC Porto.

Os 'encarnados' entraram praticamente a ganhar, com um golo de João Félix logo aos três minutos, tendo o jovem feito o 'bis' aos 64, isto já depois de Pizzi ter ampliado no arranque da segunda parte (49). Depois, entraram em ação dois argentinos, tendo Franco Cervi 'bisado', aos 71 e 88, e Salvio fechado a contagem, aos 90.

Bruno Lage mostrou-se naturalmente satisfeito com o triunfo sobre o Marítimo e frisou a importância do regresso ao primeiro lugar do campeonato.

"Foi um bom jogo da nossa parte, com uma exibição sólida desde o primeiro minuto. Foi um resultado muito bom, mas mais do que isso foi a equipa ter voltado a fazer um grande jogo perante os nossos adeptos. Vencemos, o que era determinante e importante, e voltámos à nossa posição. Faltam quatro finais", começou por dizer Bruno Lage em declarações à BTV.

"Estava à espera desta exibição, porque espero sempre que esta equipa realize este tipo de exibições, que crie as oportunidades que tem criado ao longo destes meses. Isso para mim é que é importante e que nunca deixem de correr. É certo que temos tido momentos menos bons, mas temos aprendido. Como equipa temos de perceber que quando damos passos em frente para ir à procura do que queremos... Quando temos margem mais segura ficamos à espera... Tem sido uma caminhada muito boa. E conhecendo os jogadores que temos lá dentro do balneário, olhando para eles de forma igual, estou sempre convencido que façam este tipo de jogo e exibições", acrescentou o técnico do Benfica sobre a importância do regresso aos triunfos após a eliminação das competições europeias.

Questionado sobre o regresso de Cervi à titularidade e aos golos, Bruno Lage garantiu que conta com todos os jogadores do plantel do Benfica.

"Aqui não é bem o treinador, mas sim o homem, é não abandonar ninguém. Eu não abandono ninguém. Quero é que continuem a trabalhar, pois a qualquer momento eu escolho os onze que são certos para cada jogo. Digo-o desde o início: todos contam. E hoje foi prova disso. O Cervi não jogava a titular há alguns meses, o Salvio felizmente voltou de lesão. Teve tempo para jogar e marcar. O Adel assinou mais 15 minutos com enorme qualidade... O Gedson, que fez um jogo fantástico, hoje ficou no banco. É a nossa estratégia, a gestão do dia a dia de um plantel de muitos homens, que estão sempre disponíveis e desejosos de entrar lá dentro para dar tudo. A nossa vida é esta: escolher onze e aquilo que é melhor para cada momento", atirou o técnico dos 'encarnados'.

Com este triunfo, o Benfica fecha a jornada 30 na liderança com 75 pontos, os mesmos que o FC Porto, segundo classificado, enquanto o Marítimo é 12.º com 33, mais cinco do que o Desportivo de Chaves, a primeira equipa abaixo da linha de despromoção.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.