O golo de Camora garantiu um ponto à turma figueirense e ficará para sempre na memória do jogador por ter sido o primeiro na principal Liga nacional e simultaneamente na Naval.

"Satisfação existe sempre, apenas não foi total porque não deu para garantir a nossa vitória, porém, julgo que acabamos por conquistar um bom resultado" comentou Camora.

Na próxima jornada, a Naval será anfitriã do Paços Ferreira, um jogo que marcará ainda o reencontro a equipa com Ulisses Morais, anterior técnico da formação da Figueira da Foz

"[Será] apenas um reencontro de amigos, o profissionalismo não se compadece com determinado tipo de sentimentos, quero vencer a partida, tanto como Ulisses o desejará" garantiu o jogador.

"Vai ser uma partida muito complicada, frente a um equipa que se bate bem, bem organizada, contudo, a Naval continua em crescendo pelo que vamos abordar este jogo com um só sentido vencer" expressou.

Naval e Paços de Ferreira defrontam-se no próximo sábado na Figueira da Foz, em jogo da 12ª jornada da Liga portuguesa de futebol, agendado para as 16:00 horas no Estádio Municipal José Bento Pessoa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.