Daniel Candeias vai jogar no Alanyaspor da Turquia, mas não esqueceu o tempo que esteve no Benfica liderado por Jorge Jesus. Para o extremo que passou pelo Nacional antes de chegar à Luz, o atual treinador do Sporting falhou para com ele. Em entrevista ao jornal ‘O Jogo’, o extremo falou da sua ligação ao clube da Luz e a Jorge Jesus.

“Fiquei desiludido...fiquei muito triste, porque ele sabia o que eu podia dar , que tinha qualidade, e foi por osso, certamente, que me contratou. Jesus sabia que tinha qualidade para integrar o plantel. Disse-me somente que tinha chegado o Bebé e que era melhor ser emprestado. Tive de seguir em frente. A vida não parou e continuei”.

Apesar de nunca ter tido uma oportunidade de ficar no plantel ‘encarnado’, Candeias realçou que, se pudesse, voltaria a tomar as mesmas decisões na sua carreira.

“Voltava a assinar pelo Benfica , fazia tudo igual . Fiz umas excelente épocas no Nacional e depois assinei por um grande clube. Não me arrependo sei que estão lá pessoas que acreditam no meu futebol , mas temos de aceitar as opções, sem rancor e sem mágoas, porque eu gosto é de jogar futebol”.

O Alanyaspor é o quarto empréstimo seguido de Candeias. Antes da equipa turca, o extremo já tinha militado no Metz de França, no Granada de Espanha e no Nuremberga da Alemanha. No seu currículo, Candeias tem a conquista de um título de campeão nacional e de uma Taça de Portugal ao serviço do FC Porto.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.