Pedro Aldave é o primeiro a reprovar a atitude de Cardozo e refere que o jogador está arrependido por ter puxado o árbitro Pedro Proença no encontro Nacional – Benfica.

«Cardozo está obviamente arrependido (...) A reação dele não foi nada boa. Saiu tudo mal mas depois de tudo feito já não se pode olhar para trás», começou por dizer, em declarações à Rádio Renascença.

Apesar deste facto, o empresário do paraguaio classifica a expulsão de «injusta e precipitada».

«Os jogadores do Benfica ficam nervosos e condicionados quando este árbitro apita o jogo deles. Foi uma expulsão injusta e precipitada. O árbitro não tem sorte quando apita jogos do Benfica», concluiu.

Veja, em anexo ao artigo, o vídeo com o lance polémico. 

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.