Carlos Azenha foi apresentado oficialmente como o novo treinador do Portimonense, um dia depois do clube algarvio ter rescindido contrato com Litos. Na apresentação oficial como novo técnico do Portimonense, Carlos Azenha prometeu trabalho e profissionalismo.

"Não prometo resultados, apenas muito trabalho e profissionalismo. O objectivo é tornar o clube mais sólido e a manutenção", disse o técnico de 44 anos.

O Portimonense ocupa actualmente a 15.ª posição no campeonato nacional com nove pontos em 14 jornadas.

Depois de uma passagem pouco feliz pelo Vitória de Setúbal, Carlos Azenha volta a treinar um clube do principal escalão português. Antes de treinar o Vitória de Setúbal como técnico principal, Carlos Azenha passou por FC Porto, Boavista, Al Ahly, e Ghangsha Ginde como treinador adjunto.

Na apresentação oficial de Carlos Azenha, o presidente do Portimonense, Fernando Rocha, afirmou que o técnico, "foi a escolha certa para aquilo que pretendemos para o clube", e salientou que o antigo adjunto de Jesualdo Ferreira esteve sempre no topo das preferências para a sucessão de Litos.

Da anterior equipa técnica transitam o adjunto João Bastos, o preparador físico Nuno Costa e o treinador de guarda-redes João Martins.

O próximo jogo do Portimonense é com o Vitória de Setúbal, anterior clube de Carlos Azenha.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.