O presidente do Paços de Ferreira, Carlos Barbosa, anunciou esta segunda-feira que vai pensar num treinador que dê garantias ao clube "sensação" da I Liga de futebol em 2012/13, confirmada a saída de Paulo Fonseca para o FC Porto.

«Agora que a situação do Paulo Fonseca ficou definida, vamos procurar um treinador que nos dê algumas garantias. Ainda não temos nada definido, mas vamos ver se, no decorrer desta semana, será possível anunciá-lo», disse à agência Lusa Carlos Barbosa.

O dirigente pacense, que regressou a Portugal no domingo, depois de um curto período de férias no estrangeiro, recusou falar em nomes de possíveis treinadores, não confirmando Jorge Costa, apontado como principal candidato ao cargo.

«Não posso comentar nomes, porque só agora, a partir desta semana, vamos definir a equipa técnica e o plantel», sublinhou Carlos Barbosa.

Em relação à saída de Paulo Fonseca, o presidente do Paços de Ferreira disse apenas que "o bom entendimento entre os dois clubes (Paços de Ferreira e FC Porto) facilitou" o processo, mas não adiantou os valores envolvidos na transferência.

Paulo Fonseca, de 40 anos, tinha mais um ano de contrato com o Paços de Ferreira e uma cláusula de rescisão no valor de dois milhões de euros.

«A compensação foi o que a gente acordou, mas não quero falar em valores», precisou Carlos Barbosa.

Paulo Fonseca foi hoje anunciado oficialmente como substituto de Vítor Pereira no comando da equipa do FC Porto, com contrato válido por duas épocas.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.