O Rio Ave, clube da Liga de futebol, comunicou hoje, no seu site oficial, que não vai renovar o contrato de trabalho com o treinador Carlos Brito.

Termina assim uma ligação entre o técnico e o emblema vila-condense, que durava há quatro épocas consecutivas.

A decisão foi comunicada hoje ao treinador, numa reunião com os responsáveis do Rio Ave, que, segundo o clube, foi tomada «em sintonia por ambas as partes».

O Rio Ave explicou que a decisão «não reflete qualquer quebra de confiança ou de menor apreço» por Carlos Brito, mas sim um «finalizar de um ciclo do treinador no clube que, por certo, será reaberto no futuro».

O emblema vila-condense quis sublinhar «o passado exemplar de Carlos Brito como atleta, capitão de equipa e treinador, no qual se registaram épocas de enorme sucesso para o clube».

Quanto ao sucessor de Carlos Brito, os responsáveis do Rio Ave garantiram que «não houve, até hoje, qualquer contacto» sobre a futura equipa técnica.

Ainda assim, alguns nomes têm sido falados, em Vila do Conde, como candidatos a assumir o comando da equipa, entre os quais Nuno Espírito Santo, ex-jogador do FC Porto, e adjunto do treinador Jesualdo Ferreira no Malága, de Espanha, e no Panathinaikos, da Grécia.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.