O Rio Ave venceu hoje o Sporting de Braga por 4-3, em jogo da 29.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, e subiu ao quinto lugar, com o golo do triunfo a chegar em período de descontos.

Confira as declarações de Carlos Carvalhal, treinador do Rio Ave.

"A chave para o triunfo foi a qualidade de jogo, o querer ganhar e ter mais oportunidades, num jogo muito bem disputado, com duas boas equipas deste campeonato, que quiseram ganhar o jogo. Ajusta-se a nossa vitória, num jogo em que o Rio Ave criou mais e melhores oportunidades. Acima de tudo, foi um grande jogo de futebol, sem público, o que é pena. Vi há pouco tempo um Braga-V. Guimarães, um Moreirense-Famalicão e hoje outro grande jogo. Isto é bom para o futebol português. Os profissionais estão a fazer o seu papel".

"Todo o grupo quer dedicar esta vitoria ao Junio Rocha, que sofreu uma lesão grave esta semana. A vitória e inteiramente para ele."

"Não é o nosso melhor momento. Já estivemos nove jogos invictos antes da paragem do campeonato, o que nos permitiu igualar um recorde de Félix Mourinho. Estamos com uma maturidade de jogo muito elevada. Estamos a melhorar de jogo para jogo e a atingir um patamar elevado. Chegámos hoje aos 47 pontos, o melhor do Rio Aves são 51 pontos. Estamos a um pequeno passo de fazer história no clube."

[Saída de Bruno Lage] "Lamento qualquer saída de um colega, não foi só com o Bruno, é um amigo, praticamnte de casa, o treinador é a parte mais frágil. Antes do Benfica já era um grande treinador. Saiu e continua a ser um grande treinador."

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.