O Marítimo foi à Luz empatar com o Benfica na primeira jornada e só perdeu os três pontos porque Weldon saiu do banco para fazer o empate aos 86 minutos de jogo. A equipa madeirense entrou bem na partida e esteve a vencer grande parte do tempo, depois de se adiantar no marcador aos 24 minutos de jogo, por intermédio de Alonso na marcação de uma grande penalidade, mas acabou por sucumbir à elevada pressão encarnada.

Carlos Carvalhal, na altura técnico do Marítimo, foi criticado por ter colocado o autocarro em frente da baliza de Peçanha. Na antevisão do derby da 26.ª jornada, o técnico do Sporting relembrou esse jogo e refutou a ideia do autocarro com um toque de brincadeira.

“Nessa altura era um autocarro de dois andares que nós colocámos em campo. Vou só recordar que a propósito de autocarro, eu nunca vi um autocarro que fizesse golos, e na altura o Marítimo estava a ganhar 1-0 aos 86 minutos de jogo, portanto o autocarro conseguiu fazer um golo. Evidentemente que nós, sabendo da valia do Benfica, estar a ganhar na Luz aos 86 minutos, não era expectável que a equipa procurasse desenfreadamente o 2-0, mas sim, tendo em conta o que o Benfica tinha feito até aí, porque é uma equipa forte, conseguimos fazer uma excelente prestação, um excelente jogo e disse isso no final do jogo e mantenho agora.”

Agora, como treinador do Sporting, Carlos Carvalhal procura a sua primeira vitória frente ao rival da segunda titular, depois de um empate em Alvalade (0-0) e de uma pesada derrota para a Taça da Liga (4-1). O empate do Marítimo na Luz foi a 16 de Agosto de 2009 e para Carlos Carvalhal não pode haver comparação com o derby da 26.ª jornada.

“São jogos diferentes, com características diferentes, os jogadores são diferentes, as equipas são diferentes, a abordagem ao jogo é diferente daquele que foi o primeiro jogo do campeonato. Tivemos a oportunidade também já no Sporting de defrontar o Benfica em que empatámos aqui no Estádio de Alvalade, fazendo um jogo bom e equilibrado. Este vai ser necessariamente diferente. Há uma ideia positiva para o jogo, agora as dificuldades que nós tivemos nessa primeira volta, na primeira jornada do campeonato, que tivemos no jogo do campeonato, temos consciência que vão ser as mesmas dificuldades que vamos encontrar agora. Uma equipa muito forte, uma equipa difícil…” finalizou Carlos Carvalhal.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.