Pepe renovou contrato recentemente com o FC Porto, até 2023, mas houve uma altura em que o central pensou pôr um ponto final na carreira, depois de Casillas ter sofrido um enfarte do miocárdio em maio de 2019.

"Tenho a sorte de ser amigo de muitos jogadores importantes, que também foram lendas. Os conselhos deles, que reténs na tua mente, ajudam a que seja um pouco mais fácil. Quanto isto me aconteceu [o enfarte], há ano e meio, Pepe, que foi meu companheiro no FC Porto e no Real, disse-me que, aos 36 anos, achava desnecessário continuar. Eu disse-lhe: 'Olha Pepe, enquanto estiveres bem és um privilegiado'. Há duas semanas, renovou até 2023", contou o antigo guarda-redes do FC Porto, à margem da apresentação da série documental sobre a sua carreira, denominada "Colgar las alas".

Casillas recordou também o momento em que decidiu pendurar as luvas. "A diferença é que depois de uma lesão sabes que vais voltar. Quando tens este problema a tua pergunta é: ‘será que vou conseguir voltar a jogar?’. Vês na cara do médico que não há cumplicidade nem confiança e é aí que começas a mudar o que pensas. Tens que te convencer. Não vai ser uma lesão de um mês. Tens que ser realista e começas a ver um possível fim de carreira no horizonte. Não te podes enganar a ti próprio", disse.

"O momento em que percebi [que devia terminar a carreira] foi seis ou sete meses depois. Era um risco pequeno, mas corria-o. Comecei a pensar num possível regresso, o que seria ótimo, algo a nível global, tive a sorte de ver o reconhecimento de todos. Mas comecei a pensar que isso tinha que acabar. Foi quando decidi concorrer às eleições para a federação espanhola e estou ciente de que, dando esse passo, o próximo é deixar o futebol", acrescentou.

Agora, com a carreira de futebolista encerrada, o antigo guarda-redes não descarta um regresso ao Real Madrid.

"Acredito que posso ser útil num clube que conheço muito bem. Não sei o que vai acontecer amanhã, mas ficaria feliz por voltar ao Real Madrid, de forma a transmitir os alores que me ensinaram desde pequeno. Nunca fecharei a porta a um lugar onde posso estar com gosto", vincou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.