O Conselho Directivo do Sporting emitiu um comunicado a visar Bruno Mascarenhas, antigo membro da direção, que se demitiu a 18 de maio.

"O Conselho Directivo do Sporting Clube de Portugal tomou conhecimento de mensagens que o ex-membro do CD, Bruno Mascarenhas, enviou, a todos, ou a quase todos, os presidentes de Núcleos das capitais de Distrito (imagem em baixo) a apelar a uma ‘revolta’, tentando forçar a realização de uma Assembleia Geral no dia 23, a qual foi liminarmente indeferida pelo Tribunal Administrativo", refere o comunicado.

O CD apela ainda aos Núcleos "para que não se deixem influenciar" por o que diz ser uma "manobra política que visa apenas desestabilizar e aumentar o ruído em torno do Sporting".

Em declarações à TVI24, Bruno Mascarenhas confirmou o envio da mensagem, mas não com o propósito de apelar a uma revolta. "Não é um apelo a uma revolta. Quero é que isto acabe. Que seja dada voz aos sócios para se poderem pronunciar em Assembleia", justificou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.