O médio luso-francês Claude Gonçalves assegurou hoje que os futebolistas do Gil Vicente estão “com muita vontade de jogar e ganhar” ao Portimonense, na quarta-feira, num jogo da 25.ª jornada que assinala a retoma da I Liga.

“A equipa está bem e a trabalhar muito. Fizemos uma pré-época muito intensa e vamos estar prontos para o primeiro jogo. A primeira fase foi muito difícil, já que era muita bola e corrida e gostamos mais de jogar. Felizmente, depois treinámos como uma equipa”, referiu o internacional sub-20 pela seleção das ‘quinas’, em conferência de imprensa.

O campeonato vai ser reatado sob fortes restrições na quarta-feira, com a deslocação dos minhotos ao terreno do antepenúltimo classificado, no primeiro dos 90 desafios das últimas 10 rondas, que serão realizadas sob fortes restrições e sem público nos estádios até 26 de julho, após quase três meses de paragem motivada pela pandemia de covid-19.

“O Portimonense é uma equipa muito forte e com qualidade. Não está numa boa fase, nem merece estar numa posição daquelas, mas iremos lá para ganhar. Temos o nosso objetivo de ficar na I Liga e o ‘mister’ tem passado essa mensagem, lembrando que há três anos o Arouca jogava na Liga Europa e desceu. Eu estava no Tondela e sei bem disso”, contou.

Antes da suspensão da prova, em 12 de março, o Gil Vicente tinha pontuado nos últimos três encontros na condição de visitante, com um empate em Braga (2-2) e triunfos diante de Vitória de Setúbal (2-1) e Boavista (1-0), que suportam uma campanha tranquila no regresso administrativo ao principal escalão, na sequência do ‘caso Mateus’.

“A época ainda não acabou. Em primeiro lugar, queremos ganhar os primeiros jogos para oficializar a manutenção. Depois disso, tentaremos jogar como fizemos até aqui, mas mostrando mais alegria com bola. O clube fez muita coisa para que todos estejam seguros”, frisou Claude Gonçalves, após quatro testes negativos ao novo coronavírus.

Ao abrigo do protocolo estabelecido para o reinício da I Liga, os plantéis de Portimonense, Gil Vicente, Famalicão e FC Porto submeteram-se no domingo à primeira fase de despistagem obrigatória, com um período de antecedência de 72 horas a cada encontro, tendo os ‘galos’ revelado hoje a ausência de casos positivos.

Vítor Oliveira viajará ao Algarve sem o extremo brasileiro Lourency, suspenso depois de ter cumprido uma série de cinco cartões amarelos no empate caseiro frente ao Santa Clara (1-1), em 08 de março, enquanto o defesa Fernando Fonseca sofreu uma lesão da sindemose, que tem implicado um longo processo de recuperação pós-operatória.

O Gil Vicente, nono colocado, com os mesmos 30 pontos de Moreirense e Santa Clara, visita o Portimonense, antepenúltimo, com 16, seis abaixo da zona de salvação, na quarta-feira, às 19:00, no Portimão Estádio, no jogo inaugural da 25.ª jornada do campeonato, que é liderado pelo FC Porto, com 60 pontos, mais um ponto que o campeão Benfica.

Além da I Liga, também a final da Taça de Portugal, entre ‘dragões’ e ‘águias’, integra o plano de desconfinamento face à pandemia de covid-19, ainda em data e local a designar.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.