O Vitória de Guimarães empatou em casa com o Paços de Ferreira na ronda anterior (1-1) e, por isso, quer agora levar de vencida o Beira-Mar, jogo que se realiza no sábado, em Aveiro.

“Sabemos que é um jogo importante e o nosso pensamento está em recuperar esses pontos que perdemos para dar uma alegria aos nossos adeptos e acabar o ano em grande”, afirmou o jogador brasileiro em conferência de imprensa.

Cléber disse que, actualmente, “não há equipas fáceis” e que, por jogar fora, o Vitória enfrentará mais dificuldades, mas ainda assim considerou que a equipa tem condições para conquistar os três pontos.

Quanto a eventuais reforços para o lugar que costuma ocupar, a de “trinco”, disse-se despreocupado: “o meu trabalho continuará a ser o mesmo, torço para que, se vier, seja um jogador de qualidade, porque quando o Vitória ganha, todos os jogadores ganham com isso também. Sei que tenho qualidade para continuar a jogar e quem vier será bem recebido”, disse.

Quarto classificado com 22 pontos, os mesmos do que o terceiro, o Sporting, e apurado para os quartos de final da Taça de Portugal, o Vitória de Guimarães está bem encaminhado para alcançar a qualificação europeia, objectivo definido no início da temporada.

Mas, para lá desse “desejo enorme”, Cléber destacou também “o sonho de disputar a final da Taça de Portugal, esse jogo tão importante no Estádio do Jamor".

"Se isso acontecer, seria a coroação do nosso trabalho, e agora gostaríamos apenas de jogar em casa na próxima eliminatória”, sublinhou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.