A Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) multou o Sporting em 25 mil euros por «violação do dever de divulgação imediata de informação privilegiada e do dever de veracidade da informação» prestada à CMVM e ao público.

«Em causa estão dois acordos celebrados pela Sporting SAD, em 14 e 16 de abril de 2010 (formalizados no dia 19 do mesmo mês), respetivamente com o treinador Paulo Sérgio e os seus adjuntos e com o Vitória Sport Clube, nos termos dos quais se estabeleceu que a referida equipa técnica iria orientar a equipa de futebol da Sporting SAD nas épocas desportivas de 2010/2011 e 2011/2012», explica uma nota da CMVM hoje divulgada.

Apesar de a notícia ter sido avançada pelo sítio da TSF na Internet no dia 19 de abril de 2010, às 22h55, e ainda por vários órgãos de comunicação social, o Sporting apenas informou a CMVM dez horas depois da divulgação da primeira notícia, «o que constitui contra ordenação muito grave», com coima entre 25 mil e 5 milhões euros, acrescenta a nota.

Para além disso, há a negação de negociações com Domingos Paciência, quando estas já decorriam. « Pelo menos em 10 de maio de 2011, a Sporting SAD iniciou negociações para a contratação do treinador Domingos Paciência, tendo-se abstido de divulgar ao mercado que tinha iniciado essas negociações até 23 de maio de 2011, assim tendo violado, uma vez mais, o art. 248.º, n.º 1, conjugado com o art. 248.º-A, n.º 5, ambos do CVM, o que constitui contra-ordenação muito grave punível, nos termos dos artigos 389.º, n.º 1, al. b) e 388.º, n.º 1, al. a), do CVM, com coima entre € 25 mil a € 5 milhões».

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.