"O objectivo é ser campeão no final do campeonato. O ano passado também passámos o Natal em primeiro e não fomos campeões. Não estamos obcecados com isso. Claro que seria uma boa prenda, mas não é o objectivo final", assumiu hoje Rui Costa, à margem do almoço de Natal com os funcionários do clube.

O director do Benfica considerou que a "equipa está bem" e que isso "reflecte-se
no dia-a-dia do clube". "Há um bom ambiente, um bom espírito. Felizmente
as modalidades também têm obtido títulos. No Benfica começa a viver-se
um ambiente de vitória", disse.

No horizonte e a despertar muitas expectativas surge já o clássico com o FC Porto, agendado para 20 de Dezembro, mas Rui Costa recusa abordar a partida: "Todos estão à espera desse jogo, desde os adeptos aos jogadores, mas até lá ainda vamos defrontar o Olhanense e o AEK. A equipa e os adeptos têm de estar conscientes disso, pois não adianta estar a pensar no jogo com o FC Porto sem primeiro passarmos em Olhão."

Questionado sobre eventuais prendas nesta quadra, Ruis Costa foi evasivo no discurso. "Queremos sucesso em tudo o que o Benfica participa. Não só no futebol mas em todas as modalidades. Não tenho de pedir prendas. Faço parte da estrutura que pode, ou não, dar prendas. Não tenho de as pedir, tenho de ver se elas são necessárias ou não", concluiu.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.