A decisão foi tomada hoje após uma reunião em Alvalade com os três ex-candidatos e a direção do clube, disse à agência Lusa uma fonte do Sporting.

A comissão vai ter a incumbência de definir os moldes em que será feita a auditoria e escolher a empresa que será responsável pela revisão das contas do clube desde o exercício de 1995.

Na reunião não participou o ex-candidato Bruno de Carvalho, que na semana passada avançou com uma providência cautelar para suspender os resultados do acto eleitoral de 26 de Março, ganho por Godinho Lopes por uma margem de apenas 360 votos (0,4 por cento).

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.