A decisão foi anulada. O FC Porto viu recuperados os seis pontos perdidos em 2007/2008, na sequência do processo do Apito Final.

Segundo avança o jornal O Jogo, o Conselho de Justiça da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) deu razão a Pinto da Costa no recurso apresentado, depois de ter sido suspenso por dois anos ter de pagar uma multa de dez mil euros, no âmbito deste processo.

A decisão do organismo da FPF deveu-se ao facto de a utilização de escutas telefónicas era ilegal e os testemunhos de Carolina Salgado tinham pouca credibilidade.

Desta forma, o presidente dos 'dragões' vê a sua pena anulada, apesar de já ter sido cumprida, e os seis pontos perdidos pelo FC Porto em 2007/2008 também foram recuperados, visto que "o recurso interposto de uma sentença abrange toda a decisão".

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.