A Assembleia-Geral da Sporting de Braga SAD aprovou hoje por unanimidade o relatório e contas de 2013/14, um resultado negativo de 2,3 milhões de euros, e o orçamento da atual temporada, cerca de 15 milhões.

Segundo uma nota do departamento de comunicação do Sporting de Braga, os acionistas aprovaram de "forma clara, por unanimidade", quer as contas da temporada passada, como o orçamento para a presente época, que ronda os 15 milhões de euros.

Sobre o prejuízo de 2,3 milhões de euros em 2013/14, a administração justificou este resultado "com a diminuição drástica da receita proveniente da performance desportiva nas competições UEFA e na Taça da Liga, a época desportiva atípica, bem como o momento atual da economia nacional e internacional".

Destacou o pagamento de cerca de 9,2 milhões de euros em impostos, dos quais sete milhões são correntes e os restantes referem-se a um pagamento efetuado ao abrigo do Decreto de Lei 151A/2013, um regime especial de regularização de dívidas fiscais, que foi efetuado na sequência de fiscalizações que reportam a anos anteriores e contestadas pela SAD.

Dado que a equipa não participa este ano nas competições europeias, a SAD "arsenalista" prevê novo resultado negativo em 2014/15, a rondar o milhão de euros (978 mil euros).

Na Assembleia-Geral, que decorreu no auditório do Estádio Municipal de Braga, estiveram presentes 55 por cento dos acionistas da SAD, que determinaram ainda um voto de louvor à administração e ao conselho fiscal.

(atualizado 21h32)

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.